quinta-feira, 29 de maio de 2014

Nova reunião sobre segurança

Poder Público e Sociedade Civil Organizada estiveram reunidos mais uma vez nesta quarta-feira 28/05 em busca de medidas para a criação de um Plano de Ação Integrado que vise à prevenção do crime no Município. O Médico e Professor da UFRJ José Mauro foi convidado para abriu o encontro:

- Minha especialidade é a criação de Políticas Públicas de Saúde e acho que é necessário capacitarmos a sociedade para lidar com a questão da violência, hoje se percebe que os mais afetados são os jovens entre 15 e 20 anos. O motivo de 80% das prisões em nosso País é por uso de álcool e drogas. Está claro que precisamos agir e com rapidez, comentou José Mauro.

Outro aspecto abordado pelo médico foi o ainda alto índice de acidentes de transito que atinge atualmente a 46 mil mortes por ano:

- Realiso muitos encontros pelo Brasil e percebo que o Governo Federal está preocupado e quer investir, o problema é que não existem projetos e sem projetos os recursos ficam indisponíveis, informou José Mauro.
Na sequencia da reunião as Secretarias de Educação, Promoção Social, Saúde, Esporte, Guarda e Transito apresentaram sua visão do problema e quais ações estão sendo desenvolvidas. A Câmara Municipal também apresentou suas ações e propostas, o Presidente Luciano Vidal ficou satisfeito com a reunião:

- Estamos hoje dando o primeiro passo para identificar onde está o problema e em que segmento social acontece, esta ação integrada entre as secretarias vai produzir um quadro real de nossa situação e o que devemos fazer nos prevenir quanto às ações criminosas, disse o Vereador.

Ficou definido que o Fórum Paraty em Paz vai centralizar e divulgar os trabalhos produzidos por esta comissão. O resultado vai culminar nas medidas do Plano de Ação Imediata.


Assessoria de Comunicação







quarta-feira, 21 de maio de 2014

CVTs (Centros Vocacionais Tecnológicos)

Paraty inicia entendimentos com o Governo do Estado para a instalação dos CVTs (Centros Vocacionais Tecnológicos). Reunidos hoje 21/05 no Paço Municipal , Presidente da Câmara Luciano Vidal,  Secretário de Obras Ronaldo Carpineli, professor Celso Pansera  da FAETEC e o Deputado Estadual Ricardo Karol, começaram a desenvolver as ações necessárias para instalar as Escolas Técnicas.

- Nosso Município necessita dessas unidades, nossos jovens vão poder estudar e aprender um ofício aqui mesmo. Vai ser um avanço muito importante, disse o Vereador Vidal.


Na próxima semana chega uma equipe para analisar o espaço que a Prefeitura vai disponibilizar para a obra, segundo Celso Pansera leva de 3 a 4 meses para ser concluída. 




quarta-feira, 14 de maio de 2014

Segurança em Paraty

Paraty prepara Plano de Ação Conjunta imediato para controle da violência no Município. Reunidos dia 13/05 no Paço Municipal, Prefeitura, Câmara Municipal e Policia Militar começaram a elaborar as primeiras ações efetivas, entre elas está o envolvimento nas ações do Poder Judiciário, Ministério Público, Marinha do Brasil, Policia Civil, Policia Rodoviária Federal e Policia Federal.
Várias ações estão sendo estudadas interligando os órgãos de segurança, este ponto, segundo os participantes do encontro vem sendo apontado como a principal falha no combate a criminalidade. As instituições têm que passar a agir coordenadas e melhorar a comunicação entre elas.
Está agendada uma nova reunião de avaliação no dia 28/05
Algumas medidas pontuais:
- Criação de panfleto explicativo orientando a população quanto a melhor forma de auxiliar no combate a criminalidade.
- Trabalho da Policia Militar nas escolas orientando e prevenindo os jovens.
- Criação de eventos culturais e recreativos nas zonas onde a incidência do crime é mais forte, isso faz com que a sociedade tome conta do espaço.
- Aumentar a segurança nas escolas para evitar furtos de equipamentos de informática.
- Utilização de um reboque para recolhimento de motos sem documentação.
- Mobilizar os Paes na ajuda ao combate à criminalidade.
-Valorização e Motivação do policial e de suas ações, estimulando os resultados.
- Desenvolvimento de ações de inteligência envolvendo policiais a paisana.
- Instalação de um posto policial no bairro da Mangueira.
- Criação do Conselho Comunitário de Segurança.
Assessoria de Comunicação.


Plano Diretor e Portaria 402 IPHAN

Em encontro bastante concorrido o Conselho da Cidade se reuniu nesta terça feira 06-05 para tratar do Plano Diretor e da Revisão da Portaria 402 do IPHAN. No decorrer da reunião os membros do Conselho questionaram a possível extinção da Secretaria de Urbanismo ou sua absorção por outra secretaria da área. Coube ao Presidente da Câmara, Luciano Vidal esclarecer que ainda não havia nenhuma decisão oficial definida: 

- Muitos boatos estão sendo espalhados, mas de concreto ainda não se tem nada. O certo é que todo este trabalho que o Conselho vem desenvolvendo não será de forma alguma desprezado e ainda se tem muito por fazer, principalmente agora que a UERJ finalmente vai entregar os estudos contratados, disse o Vereador. 

O Prefeito Casé compareceu a reunião e confirmou que vai estudar a proposta do Conselho de continuar dando ao Urbanismo o apoio merecido:

- Estamos hoje com 12 conselhos constituídos e atuando na Cidade, meu objetivo é fortalecer estes Conselhos e aproveitar suas sugestões. Vivemos hoje uma disputa com os órgãos ambientais quanto à gestão do Município, preciso urgente criar a Secretaria de Meio Ambiente para lidar com isso e também ter acesso ao ICMS Verde, uma verba que não podemos perder. A ideia inicial é tornar a Secretaria de Urbanismo uma Secretaria Adjunta do Meio Ambiente, mas alerto que ainda não está resolvido, explicou Casé.

O Prefeito ainda informou que prioritariamente precisa atualizar o Cadastro Imobiliário, como exemplo revelou que a empresa AMPLA possui 24 mil relógios instalados e o Município emite cerca de 10 mil carnes de IPTU:

- Existe uma defasagem enorme precisamos recadastrar os imóveis para não ter que aumentar o IPTU de ninguém. Estas questões são prioritárias, revelou o Prefeito Casé.

Outro ponto importante do encontro foi a discussão referente à Portaria 402 do IPHAN, o Presidente da Câmara questionou a legalidade da Portaria:

- Analisando os processos cheguei a conclusão que o Município possui um plano diretor desde 1979, está defasado, mas existe. Meu questionamento é saber se uma portaria pode ou não regular a ocupação do solo de um Município? O Departamento Jurídico da Câmara está analisando e vamos desenvolver esta questão, comentou Vidal.