quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Nesta quinta-feira dia 29/01, participei da cerimonia de inauguração do novo nome do fórum de Paraty Silvio Romero que passará a ser chamado a partir desta data de Juiza Albaliz do Rosario Nascimento.
A cerimonia de nomeação da Comarca de Paraty foi presidida pela desembargadora Dra Leila Mariano, presidenta do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, e estiveram presentes o Juiz da Comarca de Paraty Dr. Willian, o prefeito municipal Casé, o delegado de policia Dr. Bruno, o procurador geral do município Dr. Garrido Jr., a presidenta da OAB do município de Paraty Dra. Heidy, o desembargador Dr. Milton Delgado, o Juiz da Comarca de Angra dos Reis Dr. Carlos, a promotora de justiça em exercício em Paraty, a defensora publica de Paraty, os advogados e os servidores públicos do fórum de Paraty.
Na oportunidade o Dr. Willian iniciou a cerimonia falando da importância de se homenagear uma mulher no fórum de Paraty, e segundo o histórico a Comarca de Paraty que já foi dirigida por 7 mulheres, e nada mais justo em fazer esta homenagem a Dra. Albaliz que a muito tempo trabalhou na Comarca de Paraty, agradeceu o apoio da presidenta pelos trabalhos desenvolvidos frente ao tribunal e reconhecido pelo CNJ pelo brilhantismo de sua administração e principalmente em três momentos de sua passagem na carreira profissional como juiz no qual o primeiro foi no seu ingresso após o concurso, o segundo na posse como juiz da Comarca de Paraty e o terceiro está sendo agora nesta homenagem.
Em seguida o prefeito de Paraty Casé agradeceu a presença da presidenta e se colocou a disposição para desenvolver os trabalhos em parceria com o judiciário, executivo e legislativo, falou da importância em homenagear uma mulher como a Dra. Albaliz pelo seu desempenho e trabalho frente ao fórum da comarca de Paraty a época; o prefeito ainda aproveitou a oportunidade para solicitar o apoio da presidenta para que seja implantado mais uma vara da justiça na comarca de Paraty, pois hoje existe a vara eleitoral, a da família, a cível, a criminal e os juizados cível e criminal aonde um único juiz acumula estas seis funções que ao ponto de vista prejudica a nossa sociedade.
A desembargadora presidente do TJ-RJ Dra. Leila Mariano iniciou suas palavras dizendo da sua luta e da importância das mulheres no poder judiciário e que ela em 262 anos da justiça estadual foi a primeira mulher a presidir o TJ-RJ em toda a sua história.
Esclareceu que antigamente existia uma grande dependência do poder judiciário junto ao governo do estado aonde a maioria dos prédios e estabelecimentos do judiciário eram planejados e construídos pelo governo e repassado ao judiciário, e não desmerecendo o advogado Dr. Silvio Romero homenageado na época pela sua importância, mais que hoje esta competência de denominar os prédios e equipamentos da justiça estadual e do poder judiciário e por isso informou a todos que o nome do advogado Dr. Silvio Romero deverá ficar preservado em um departamento dentro do fórum de Paraty. Falou que na sua luta esta homenageando quatro mulheres nos prédios publicos do poder judiciário de nosso estado e que antes não havia nenhuma homenagem e fez a explicação a cada uma que ela homenageou, primeiro a Dra. Rute, a segunda Dra. Maria Raimunda, a terceira Dra. Maria Lúcia Capeberibe e a quarta a Dra. Albaliz que inclusive é o seu ultimo ato publico, porque amanha dia 30/01 será seu ultimo dia a frente do tribunal que deverá passar o seu comando ao desembargador Dr. Luíz Fernando Ribeiro.
Falou da brilhante passagem da Dra. Albaliz no município de Paraty e todo o seu trabalho desenvolvido no poder judiciário do nosso estado. Esteve presente também a filha da Dra. Albaliz representando todos os familiares.
A presidenta Dra Leila falou das dificuldades de se administrar aonde existia um déficit muito grande de servidores do poder judiciário e que existia uma demanda de dois concursos no qual o judiciário não conseguia chamar para exercer sua função dada as restrições da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e a sua saída foi criar alguns benefícios para servidores mais antigos que foram beneficiados e puderam se aposentar com férias, licenças e outros benefícios que estavam atrasados, e assim liberar um quadro de vagas que lhe deu condição de convocar mais de mil servidores e cem juízes que encontravam-se na fila de espera. Falou também da necessidade da articulação política do judiciário e suas grandes lutas aonde citou que na constituição queria passar de ministério para departamento e que ela junto com as juízas Dra. Rute, Dra. Maria Raimunda, Dra. Maria Lúcia e uma gama de magistrado juízes iniciaram um movimento politico para que o judiciário fosse respeitado e tivesse a sua autonomia, para isso a presidente esclareceu que foi preciso muito lobby politico e ainda afirmou que todos nós, principalmente o judiciário tem que fazer seus lobbys políticos e suas parcerias para facilitar a vida de todos, disse também das parcerias que o judiciário deve fazer junto ao executivo na melhoria de processos de execuções fiscais que são os maiores problemas do judiciário e o município deixa de arrecadar, disse ao prefeito Casé da importância de se fazer uma parceria com o Dr. Willian através de um convênio entre prefeitura e a Comarca de Paraty para melhorar toda execução fiscal como tem feito em todo o estado do Rio de Janeiro.
Aproveitou a oportunidade e agradeceu a presença de todos, elogiou o trabalho que vem sendo feito pelo Dr. Willian a frente da Comarca de Paraty, a presença do poder executivo através do prefeito, do legislativo através do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, do delegado de policia, do ministério publico, da promotora e da defensora publica, presidente da OAB e dos servidores e disse da importância de todos os representantes dos poderes públicos do poder constituído trabalharem em parceria e sincronia para o bem de todos.

Nenhum comentário: