quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Cais de Turismo de Paraty

Ontem (30/09) foi apresentada a Lei 1912/2014 que vai organizar a utilização do cais de turismo, em breve vai ser publicada e entrará em vigor. Estiveram reunidos representantes de embarcações médias e grandes, na ocasião os empresários revelaram que em uma reunião na noite anterior as Associações de Barqueiros Médios, Grandes e Pequenos fecharam um acordo para definir um preço mínimo a ser cobrado por todos:

- Chegamos ao fundo do poço, com esses preços todos nós estamos perdendo. O movimento dos barqueiros pequenos nos fez abrir os olhos para o caos que estamos vivendo diariamente. Também é bom ver o poder público apresentar uma proposta concreta para um problema tão complicado, disse o empresário Sebastian.

O Secretário de Turismo Wladimir explicou a nova Lei detalhadamente e respondeu as perguntas da plateia:

- O importante é que o ordenamento do cais está saindo do papel e vamos começar um novo período nesta fundamental atividade turística. É bom que as associações estejam sendo formadas e nossa busca é mesmo pela organização. As novas regras de embarque e permanência estão prontas e vão ser postas em prática, revelou o Secretário.

O Presidente da Câmara, Luciano Vidal falou sobre os problemas de segurança e manutenção do cais, ele concorda que precisam ser atacados:

- Todos sabem e o Prefeito também, que a segurança do cais precisa de melhoria. Com a Lei em vigor vamos ter condições de programar e melhorar todos os serviços. O cais é um dos principais pontos turísticos da cidade e sem dúvida vai se adequar as atuais necessidades de nosso turismo, informou o Vidal.

Por último o Secretário de Finanças, Leônidas, informou que até dia 1° de Janeiro de 2015 todas as embarcações tem que estar cadastradas e registradas para conseguir o alvará para trabalhar no cais:

- Estamos implantando no Município a Nota Fiscal Eletrônica para serviços com isso vamos poder controlar melhor a venda e ocupação das embarcações. Vamos adequar agencias e embarcações, com isso certamente todos os serviços vão melhorar e acaba com a venda indiscriminada e descontrolada por agencias e pousadas, disse o Secretário.

Vejam a Lei que dispõe sobre a emissão de alvarás, fiscalização e funcionamento, bem como o uso e o ordenamento do cais de turismo veja também o Decreto Municipal 112/2013 que dispõe sobre a prorrogação e prazos para emissão de alvarás, e ainda tudo sobre o que pode e o que não pode no Cais de Turismo de Paraty. Conheça a lista de escunas que estão autorizadas a trabalhar no cais, de acordo com o Decreto Municipal, que já foi renovado por um novo Decreto que regulamentará definitivamente o uso e o ordenamento do cais de turismo que em breve ser publicado e entrará em vigor.






Nenhum comentário: