terça-feira, 24 de junho de 2014

Saneamento Básico

 Saneamento Básico

Com a presença de autoridades, o Município de Paraty deu início 16/06 as obras de saneamento básico que vão beneficiar grande parte da população do município:

- É um momento muito importante na história de Paraty, o Governo Casé está investindo cerca de 100 milhões numa obra que será de enorme importância para a saúde de nossa população e para o meio ambiente. Soubemos costurar nossas alianças, Câmara e Prefeitura estão de parabéns.Aproveito para estender os agradecimentos ao ex-governador Sergio Cabral e ao atual governador Pezão que sempre estiveram ao nosso lado, disse o Presidente da Câmara, Luciano Vidal.

As intervenções serão feitas a partir da Parceria Público Privada (PPP) entre Prefeitura de Paraty e a concessionária Águas de Paraty, do grupo Águas do Brasil, com apoio da Secretaria de Estado do Ambiente e da Eletronuclear. Essa é a primeira PPP municipal da qual o estado dá apoio para intervenções de esgotamento sanitário e complementação do abastecimento de água potável no município.

O total de investimentos é de R$ 83 milhões, sendo R$ 13 milhões oriundos da Prefeitura de Paraty; R$ 20 milhões da Eletronuclear, proveniente de uma condicionante de licença ambiental para construção de Angra 3; R$ 35 milhões do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam), da SEA; e R$ 15 milhões da concessionária privada Águas do Brasil.

As obras incluem a melhoria do sistema de abastecimento de água do município a partir da construção de uma Estação de Tratamento de Água (ETA) – com capacidade para tratar 130 litros de água por segundo. E também a implantação de um sistema de prevenção de incêndio no Centro Histórico, além de melhorias nos sistemas de Pedra Branca, Corisquinho e Caboclo. Em relação ao esgotamento sanitário, estão previstas, nos quatro primeiros anos, a instalação de 56 quilômetros de rede coletora, que atenderá cerca de 6300 domicílios, e a construção de uma estação de tratamento de esgoto com capacidade para tratar inicialmente 100 litros de esgoto por segundo, e vazão máxima para 134 litros por segundo.

Com isso, haverá redução da poluição de dois importantes rios da cidade, o Perequê-Açu e Mateus Nunes, que cortam o centro urbano de Paraty. O primeiro bairro a receber a obra é o Parque da Mangueira, um dos mais populosos do município. O trabalho começou pela Rua Cidade de Cunha, onde aconteceu a cerimônia, que reuniu moradores e autoridades.


















Nenhum comentário: