sexta-feira, 28 de março de 2014

Segurança em Paraty.

Melhorar a segurança do Município. Esse foi o tema da reunião de ontem 27/03 no Paço Municipal. Prefeitura, Câmara, Sociedade Organizada e demais autoridades se reuniram para traçar uma linha de ação que promova mais eficiência na atuação dos órgãos responsáveis pela segurança.

Quanto aos estupros, a Policia Civil confirmou apenas 2 casos consumados, os demais não passaram de brigas conjugais e tentativas de furto. Até o momento não houve reconhecimento de nenhum agressor, apesar da prisão de alguns suspeitos, e a Policia também constata que muitas mulheres tem receio de apresentar queixa na delegacia.

Participaram do encontro: Corpo de Bombeiros; Conselho da Criança e Adolescente;  Secretaria de Promoção Social; Secretaria de Saúde; Fórum Paraty em Paz; Conselho Tutelar; Grupo de Proteção Pela Vida; Associações de Moradores; Policia Militar; Policia Civil; Guarda Municipal e Vereadores:

- Estamos hoje aqui buscando maior interligação entre a Secretaria de Saúde, Secretaria de Promoção Social e Policia Militar. Concordamos que a mulher precisa de um atendimento diferenciado para que possa fazer sua denuncia  de forma segura e sem medo de futuras represálias, disse o Prefeito Casé.

A Prefeitura também irá promover as ações necessárias para reforço de policiamento feminino na  167 DP em Paraty, este pedido vai ser feito ao Estado, pretende ainda implementar o CRESS ( Centro de Referência Especializada em Serviço Social) em parceria com a Policia Civil e como apoio as mulheres vítimas de agressões.

Uma série de ações serão  tomadas com data e metas a serem atingidas, no dia 11/04 haverá uma reunião do Fórum da Paz onde todas essas medidas serão anunciadas amplamente:

- A Câmara está totalmente solidária com a sociedade quanto ao aprimoramento de nossa segurança. Vamos despender todos os esforços para produzir legislação que dê suporte as ações que virão, revelou o Presidente da Câmara.

Vidal também anunciou que está em contato com o delegado titular da 167DP e com a chefia de Policia Civil para em curto prazo implantar o DEAM ( Departamento Especializado de Apoio a Mulher.
Principais medidas aprovadas na reunião:    

1 – Protocolo de atendimento humanizado na Secretaria de Saúde, CRESS, PM e Policia Civil para vítimas de agressão. Prazo de 10 dias para ser instituído via Portaria Municipal.

2 – Estipular uma Lei Municipal restringindo a extração de folhas de palmeiras e coqueiros para  uso artesanal, uma vez que estão sendo usadas indiscriminadamente e sem controle por oportunistas em logradouro público.  Prazo de 30 dias para lei ser aprovada pela Câmara. 

3 – Formação de um grupo de trabalho para produzir um informativo que oriente a população sobre como agir na questão da segurança pública. Prazo de 30 dias.

4 – Realização de operação conjunta da Policia Militar, Civil, Guarda Municipal, Bombeiros e Promoção Social para averiguação de pessoas que estejam sobre regime de vadiagem nos logradouros públicos de forma permanente e continua. Prazo de 10 dias.


5 – União de esforços do poder público e da sociedade para que em conjunto com a Chefia da Policia Civil, implantar neste segundo semestre o NAM (núcleo de apoio especializado as mulheres. 



Nenhum comentário: