sábado, 4 de junho de 2011

O bairro-fantasma

O Corisco está virando outro lugar assombrado da cidade, com um monte de gente morando lá, pagando imposto e votando, mas sem a menor atenção das autoridades eleitas a necessidades básicas como a conclusão da estrada, a expansão da telefonia fixa, a ampliação da escola, a implantação de uma área de lazer, a construção de uma creche, o atendimento médico ambulatorial e um serviço de zoonose. Isso num município cujo orçamento beira os 200 milhões de reais. A Associação de Moradores reclamou e o vereador Vidal pediu esclarecimentos à Prefeitura sobre essas questões. Veja o requerimento.

Um comentário:

Anônimo disse...

Só mesmo vc Vidal, esta em todos os lugares, não é atoa que os outros veredores estão com ciumes, parabens vereador.