terça-feira, 16 de novembro de 2010

Documentações encaminhada para AMPLA S/A Prefeitura, INEA e demais ógãos ligados ao setor de energia eletrica no municipio de Paraty

COMISSÃO DE DEFESA DO CIDADÃO E DO MEIO AMBIENTE

Paraty/ RJ em 22 de julho de 2010.
Ofício no. 225 / 2010.

À: AMPLA S/A

A/c.: Marcos Faria – Diretor responsável pelo Pólo Sul.

Assunto: SOLICITAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE O ANDAMENTO DE MELHORIAS NA REDE DE ABASTECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM PARATY.

Referência: Ao andamento dos compromissos assumidos na Audiência Pública de Março do Corrente ano.

Prezado Marcos,

Apesar de vosso esforço na tentativa de buscar melhorias para um abastecimento de energia elétrica eficaz e satisfatória para o município de Paraty, haja vista as grandes demandas apresentadas que vem atormentando boa parte da população, em função da falta de manutenção e investimento de ponta para melhor qualidade de serviços prestados aos cidadãos. Após os compromissos assumidos na Audiência Pública de Março do corrente ano, nesta Casa Legislativa, para tratar do assunto supramencionado.

Diante do exposto, notamos ainda diversas falhas no abastecimento de energia elétrica, que ainda assolam a nossa população que se encontra insatisfeita e vem nos fazendo cobranças e inclusive exigindo posição dia a dia quanto a este tema.

Nos últimos dias, tenho notado a falta de abastecimento de energia em boa parte da Zona Rural, após as chuvas que ocorreram semana passada e alguns tormentos de vento.

A comunidade de São Gonçalo ainda continua reclamando que estão com problemas no abastecimento de energia;

A mesma situação são as comunidades da Zona Rural como: Trindade, Ponte Branca, Penha, Pantanal, Barra do Corumbê, São Gonçalo e principalmente da Barra Grande, estão cobrando, quando irá iniciar-se as obras de reforma e manutenção geral nestes locais como foi realizado no Bairro da Graúna.

Hoje por exemplo, ao ler o Jornal de Paraty, em sua Capa, vi o seguinte título: "+ Ampla - Novamente, e mais uma vez: Show da Ampla. Pag. 7" Segue a matéria na Pag. 7 " Quase Dois Dias Sem TV - CULPA DA AMPLA" diz ainda na referida matéria que a AMPLA é a Rainha de Reclamações na Comarca de Paraty, devido ao péssimo serviço que é prestado à população. Segundo o Jornal, diz também que vem reclamando das péssimas condições de atendimento da AMPLA e que há um bom tempo e principalmente dos postes de madeiras que estão podres e que prejudicam o abastecimento de energia constantemente devido à interrupção na linha transmissora.



Para completar o Jornal informa a população que foi um destes postes de madeira que caiu na Rua Bem Te Vi no bairro do Caborê, que deixou a cidade inteira sem ver televisão entre os dia 14 e 15 da semana passada, pois tal poste quebrou bem na base, deixando faltar energia elétrica e sem elas as torres de transmissão não funcionam, e a coisa poderia ter sido pior. E para finalizar diz:“É a velha Ampla de sempre".

Outra situação que fiquei sabendo, é que saiu a Licença Ambiental do INEA para instalação da rede elétrica na comunidade da Ponta Grossa, referente ao Programa Luz para Todos, e por tanto me parece que vossa empresa AMPLA estaria alegando que não teria condições de realizar esta instalação neste ano. Não sei se procede, mas como havia comentado anteriormente, solicito maiores informações a este respeito, pois os moradores já estão me colocando na parede quanto a essa situação. Por isso necessito saber como está este processo, quais os passos a serem tomados e qual é o prazo para início destas obras.

Ante ao exposto, aproveito ainda a oportunidade para solicitar de vossa senhoria, um relatório de todos os trabalhos de melhorias que foram executados até o presente momento por esta empresa, e quais as previsões de investimentos e melhorias que estão propostos para este momento para o município de Paraty de acordo com o anunciado na Audiência Pública de Março para que possamos melhor informar a população e deixá-los um pouco mais seguros quanto à responsabilidade desta empresa com o nosso município.

Aproveito ainda a oportunidade para que a empresa AMPLA se manifeste através do e-mail que o Sr. Julio Avelar Superintendente do INEA da Baia de Ilha Grande passou para todos os envolvidos no processo da Audiência Pública a respeito do Termo de Compromisso, repassando a responsabilidade de fiscalização e autorização ambiental para o município em áreas urbanas e de expansão, os quais fizeram várias ponderações a respeito do determinado na Resolução 456/2000 da ANEEL que não condiz com a realidade, e quais ficaram faltando às manifestações da AMPLA, PREFEITURA e demais órgãos envolvidos neste pleito.

Por tais motivos, é que expresso nossas argumentações e aguardamos breve manifestação por parte desta empresa, a fim de esclarecer a toda população sobre a qualidade de serviço que está sendo prestada, bem como as melhorias que estão sendo executadas até o presente momento. Certo de poder contar com apoio indispensável de todos os envolvidos, é que agradeço desde já e me coloco à disposição para maiores esclarecimentos.




Atenciosamente,


Luciano de Oliveira Vidal
Vereador – Vidal
PMDB

Nenhum comentário: